22 de fevereiro de 2024

Portal Nossa Região

Notícias da Região

Nota de esclarecimentos

Em primeiríssimo lugar: quero deixar bastante claro que, em nenhum momento, tive a intenção de ofender quaisquer parcelas da população, muito menos as mulheres, e isso digo com tranquilidade, pautada nos quase 20 anos de vida pública sempre primando pelo respeito a todos e a todas.

Reconheço o equívoco na troca do termo técnico – “laqueadura” por “castrar”.

No entanto, isso não diminui a importância do assunto. O que deveria entrar em pauta era o planejamento familiar.

Tanto é importante que existe uma data específica – 26 de setembro -, o Dia Mundial da Contracepção, instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU).

De acordo com informações do Agência Senado, mais da metade das gestações no Brasil não são planejadas e o país ainda enfrenta números alarmantes de gestação na adolescência.

Vale destacar que o planejamento familiar, oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS), consiste em um conjunto de ações preventivas e educativas, que orientam a população sobre métodos para evitar a gravidez não planejada. São nove tipos de contraceptivos disponíveis gratuitamente nas unidades de saúde, além das informações que as pessoas em geral precisam para uma vida sexual segura.

Daí, a importância da conscientização acerca do planejamento de gestações e o uso de contracepções.

Foi isso que eu quis dizer.

Esse é o assunto que tem que estar nas manchetes – e não a troca num termo técnico.

Infelizmente, hoje, qualquer palavra mal colocada pode se transformar em barbárie nas mãos de pessoas mal intencionadas.

No caso, aqui, em Barra do Piraí, é uma pena que ainda persista aquele pequeno grupo de pessoas que se dedicam 100% do tempo a tentativas de pegar uma “vírgula” do que falo e transformar num show – em vez de usarem o tempo para nos ajudar a reconstruir a cidade que muitas dessas pessoas ajudaram a falir.

Lamento se a colocação inadequada de uma palavra ofendeu algumas pessoas, em especial, as mulheres.

Repito: não foi a intenção.

Sigamos com trabalho e responsabilidade – sensacionalismo não constrói nem edifica.

Prefeito Mário Esteves

About The Author

Verified by MonsterInsights