21 de julho de 2024

Casal relata recusas de táxi em Barra do Piraí e taxista é ovacionado por atitude exemplar 

Um casal de idosos procurou a redação do Portal Nossa Região na última sexta-feira (dia 14 de junho de 2024) para relatar uma série de recusas de táxi em transportá-los até o Bairro Caixa D’água Velha em Barra do Piraí. 

Após realizarem compras no centro da cidade, o casal se dirigiu ao ponto de táxi na Rua Governador Portela, tanto do lado da obra da ponte da MRS quanto em frente à Rodoviária. Ao consultarem seis taxistas, todos apresentaram desculpas pré-formuladas para recusar a corrida, como “estou esperando um passageiro”, “meu carro é elétrico e não sobe a Caixa D’água” e “estou de saída”. 

Diante da situação constrangedora, um taxista que presenciou a cena se comoveu e ofereceu seus serviços ao casal, levando-os até o destino final. O Portal Nossa Região, junto com o casal, procurou o taxista para agradecer o gesto exemplar, que deveria ser padrão entre os profissionais do setor em Barra do Piraí. 

Recusa de serviço por taxistas: uma prática ilegal e prejudicial 

Infelizmente, a recusa de serviço por parte de taxistas é uma realidade comum, principalmente em grandes centros, quando o trajeto da corrida é considerado curto ou economicamente inviável para o motorista. 

É importante salientar que essa prática é ilegal e configura crime contra as relações de consumo, conforme previsto no art. 7º, inciso VI, da Lei nº 8.137/90 (Código de Defesa do Consumidor). Ao disponibilizar o serviço de táxi, o profissional assume a obrigação de atender a todos os passageiros, independentemente do destino da corrida. 

Direitos do passageiro e deveres do taxista 

O passageiro de táxi tem direito a: 

  • Ser transportado com segurança e conforto. 
  • Ter acesso a um serviço de qualidade. 
  • Não ser discriminado por nenhum motivo. 
  • Pagar um preço justo pela corrida. 

Já o taxista tem o dever de: 

  • Atender a todos os passageiros que solicitarem seus serviços. 
  • Transportar os passageiros com segurança e em tempo hábil. 
  • Manter o veículo limpo e em boas condições de funcionamento. 
  • Cobrar o preço justo pela corrida, de acordo com a tabela vigente. 

Canais de denúncia 

Em caso de recusa de serviço por parte de um taxista, o passageiro pode denunciar o fato aos seguintes órgãos: 

  • Polícia Militar: 190 

Atitude exemplar do taxista serve como exemplo para o setor 

A atitude exemplar do taxista que ajudou o casal idoso em Barra do Piraí deve servir como exemplo para todos os profissionais do setor. É fundamental que os taxistas estejam cientes de seus deveres e obrigações, e que atuem com ética e profissionalismo, garantindo que todos os passageiros tenham acesso a um serviço de qualidade e digno. 

Juntos, podemos construir um ambiente mais justo e respeitoso para todos, onde os direitos dos passageiros e os deveres dos taxistas sejam plenamente cumpridos. 

About The Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Categorias

Redes Sociais

Verified by MonsterInsights