24 de maio de 2024

Portal Nossa Região

Notícias da Região

A Steam Verde chegou! Hydra, projeto brasileiro que tem chamado atenção no mundo dos games piratas.

Desenvolvedores afirmam que é impossível derrubar o projeto, pois se cortarem uma cabeça, duas novas irão surgir no lugar…

Se você é um entusiasta do mundo dos games, mais precisamente do lado PC Gamer da Força, já deve ter ouvido falar do projeto Hydra, nome dado ao launcher (área de trabalho) que se parece com o já conhecido e consolidado Steam que é um software de gestão de direitos digitais criado pela Valve Corporation ou Valve L.L.C., de plataformas digitais como jogos e aplicativos de programação e fornece serviços facilitados como atualização automática de jogos, e preços acessíveis aos usuários.

Já o projeto brazuca apelidado de Steam Verde tem a aparência do original, mas as semelhanças param por aí, uma vez que a HYDRA disponibiliza os jogos de forma gratuita e sem cobrança nenhuma pelo serviço, já que muitos usuários que não tem acesso aos videogames pois tem preços exorbitantes para a economia básica dos brasileiros. Com isso o projeto Hydra democratiza o mundo dos jogos do PC disponibilizando seu software gratuitamente possibilitando a acessibilidade para todos.

Em uma entrevista para o site e canal do YouTube Voxel, a equipe denomidada “los Brochas” contou sobre o projeto, de como ele foi concebido através do extinto Ecolauncher que visava se tornar uma Steam da pirataria, contudo o projeto foi descontinuado, mas como era um “software aberto”, expressão usada para programas que não tem licença de operação e pode ser usado ou modificado por outros, deu-se o inicio da Hydra pelos brasileiros. Com o sinal verde dos criadores anteriores, logo projeto tomou forma e vêm angariando usuários do mundo todo, tendo o seu download liberado na plataforma do Github.

Sobre a lei de proteção de direitos autorais e como o launcher funciona

Ainda segundo os criadores, a lei que trata sobre direitos autorais e conteúdo de pirataria, é antiga, não há uma regulamentação sobre a forma de consumir conteúdo pirata. Baixar conteúdo sem direito de uso ainda é crime no Brasil, mas o texto descreve apenas a ilegalidade em distribuir, replicar ou violar patentes registradas, com a finalidade direta ou a indireta de lucro.

A Hydra é um launcher de jogos gratuitos, não visando lucro para seus criadores em nenhum momento e aliás mesmo que alguém queira patrocinar ou doar alguma quantia aos desenvolvedores não é possível uma vez que no próprio Discord da plataforma não há botão ou menção à doações.

A Hydra é apenas uma dashboard (plataforma) não tem um servidor dedicado, e os jogos são disponibilizados via torrents, estando no aplicativo, escolhe-se um dos jogos disponibilizados e ele baixa automático no seu computador, evitando assim que os usuários precisam acessar sites maliciosos, com o riscos de infectar os aparelhos com vírus e ransonwares (scripts maliciosos).

Hydra e a comunidade gamer, qual será o futuro?

Não sabemos se a Hydra terá o mesmo fim que o projeto Ecolauncher mas sendo um projeto de código aberto, logo mais pessoas e entusiastas da programação irão participar e até criar os seus próprios launchers, por essa razão os desenvolvedores deram o nome Hydra ao projeto, uma alusão ao mitológico monstro marinho de oito cabeças, onde se cortarem uma delas, duas novas irão surgir no lugar.

No entanto isso é um recado claro as desenvolvedoras de softwares que visam apenas o lucro e abusam do consumidor, com altos preços o que quase inviabilizam jogar videogames. A Hydra é como o Hobin Hood do mundo dos games, trazendo aos menos favorecidos a possibilidade de ter entretenimento ainda que isso subtraia de outrem.

O Portal Nossa Região não compactua de práticas que atuam às margens da lei.

About The Author

Verified by MonsterInsights